Os países onde deixaremos a nossa pegada

By Rita Varandas - terça-feira, abril 19, 2016


Falta precisamente uma semana para a grande aventura! 

Nesta altura, o sentimento é misto. Se por um lado, parece que o tempo passa demasiado rápido, porque queremos estar com a família, os amigos, despedir lenta e temporariamente da nossa cama, do sofá, da comida, da nossa rua, etc., etc., por outro lado, só nos imagino no aeroporto, de viagem, com as malas às costas, a sentir na pele temperaturas absurdas e a lutar (muito provavelmente) contra a humidade que se faz sentir por aquelas paragens. Estive a ver há pouco o tempo nas Filipinas e às 8 da noite estão uns "agradáveis" 32 graus (medooo). 

Falando em países, o nosso roteiro está - por opção - pouco definido. Sabemos que aterramos em Manila, na capital das Filipinas, e regressamos de Singapura. Pelo meio, planeamos incluir a Indonésia e a Malásia. 


Decidimos que o aeroporto de regresso não seria o de Manila, porque regressar às Filipinas apenas para apanhar um avião não pareceu fazer sentido e também porque é mais um voo a juntar às contas. Noutro post explicarei o custo das passagens e os sites onde procurámos as viagens. 


Adorávamos incluir no roteiro a Tailândia, o Camboja, o Vietnam, entre outros países do sudeste asiático, mas esta não é a melhor altura por causa das monções, mas se as famigeradas chuvas não forem tão agressivas como imaginamos, podemos sempre dar lá um salto. 

Na verdade, a ideia é andar sempre em movimento, de cidade em cidade, de ilha em ilha. Queremos ter nas mãos a liberdade para decidir, no momento, ficar mais tempo num sítio ou menos tempo noutro. Se gostarmos e quisermos explorar mais uma vila, uma determinada cultura, não estaremos condicionados por uma data. Significa isto que não há reservas em hostels, hotéis ou guesthouses (mãe, não te preocupes que não durmo ao relento)! 

Entre a panóplia de guias de viagem disponíveis, optámos pelos Rough Guides - Southeast Asia on a budget. A grande vantagem é reunir a informação mais importante (e completa) dos países desta região. Considerando que o nosso roteiro não está fechado e que há um limite de peso de bagagem, pareceu-nos a melhor opção. Até agora, não desilude e até o Gili quer espreitar para onde os humanos deles pretendem ir. :) 




Faltam 7 dias, mas.. quem está a contar? :P 

  • Share:

You Might Also Like

1 comments