Bohol, parte II: Os tarsiers, as Chocolate Hills e o Benfica tricampeão

By Rita Varandas - sábado, maio 21, 2016

É sobretudo na ilha de Bohol que encontramos o tarsier e eu estava muito curiosa para conhecer este primata que tem tanto de amoroso como de alienígena. São bichos muito, mas muito sensíveis, nervosos e tímidos. É o único primata que se alimenta de animais vivos e um dos mais pequenos do mundo. Os bebés têm o tamanho de um polegar e demoram 6 meses (meio ano!!!) a engordar cerca de 23 gramas. São animais estranhos mas encantadores, diferentes de tudo o que já tínhamos visto. Parece que inspiraram a personagem Yoda, da saga Star Wars e comprova-se a verosimelhança. :)  




Este pequeno animal consegue rodar a cabeça 360 graus, mas os grandes olhos são fixos, não mexem. Li num artigo que as órbitas são maiores do que o próprio cérebro do animal. Quando visitámos o santuário, falámos uns com os outros em surdina, para se ter uma ideia do quão sensíveis são estes primatas. Como muitas outras espécies, a destruição das florestas, o seu habitat, tem implicado a redução substancial do número de animais. Se o tarsier ficar muito nervoso - com um flash de uma câmara ou um barulho ligeiramente mais alto do que os sons da natureza - pode suicidar-se. E como o fazem? Batem repetidamente com a cabeça num tronco ou noutra estrutura sólida que, possivelmente, encontrem... São animais solitários, aliás, cada um deles está confortável com "apenas" 1 ou 2 hectares só para si. Nada de mais :P 


Outra das grandes atrações de Bohol são as Chocolate Hills. Uma das muitas lendas sobre estas estruturas cónicas que emergem da terra como cogumelos, conta que o fenómeno é resultado da calcificação das lágrimas de um gigante depois da morte do seu amor mortal.
O último e grande tremor de terra que assolou Bohol em 2013 e que causou a morte a mais de 200 pessoas, danificou algumas das cerca de 1268 montanhas de chocolate espalhadas por uma área de mais de 50 metros quadrados. 
A foto parece um pedido de casamento. Parece, mas não foi, no entanto, entre este cenário e a Torre Eiffel, ficaria na dúvida :) 



Neste dia alugámos motos para explorar a ilha e no caminho encontrámos uma cascata. Normalmente, para visitar as maravilhas paisagísticas temos que penar e fazer uso das capacidades físicas. Neste caso, foi uma descida complicada a que se seguiu uma subida ainda mais estafante. Felizmente, o destino compensa sempre o esforço. Estas cascatas onde megulhámos chamam-se Can-Umantad Falls


As fotos foram tiradas com o iphone e o Samsung porque, infelizmente, o carregador da máquina avariou-se. Comprei duas baterias, filtros, pincéis, camurças, etc., etc., e foi logo o carregador a falhar. :( Percorremos dezenas - que mais pareceram centenas - de lojas à procura de um carregador para a Canon ou de alguém que arranjasse o sacana do aparelho, mas nada. Estivemos quase 10 dias sem a adorada Canon, mas em Cebu lá conseguimos comprar o dito cujo. Contarei a saga num post posterior. 
Ah, como não referir a belíssima noite em que o nosso Benfica se sagrou tricampeão... Muito resumidamente, montámos arraial num descampado frente ao hostel, ligámos a internet e rezámos a todos os santinhos para que nessa noite não houvesse nenhum apagão.


Melhor, teria sido impossível. Às duas da manhã, gritávamos Vitória e, com certeza, não nos esqueceremos desta data (que me perdoem os sportinguistas e demais adeptos de outras equipas). 


Depois da passagem por Bohol, onde ficámos em Tagbilaran, Panglao e depois em Anda, na outra ponta da ilha, rumámos a Cebu para apanhar um voo em direcção ao Norte, Luzon. Foi-se o sol e o calor, instalou-se a chuva e algum frio. Objectivo: visitar os hanging cofins - sim, caixões pendurados em montanhas - os terraços de arroz em Banaue e Batad e fazer alguns trekkings. 
Mais uma jornada de transportes, mas já diz o provérbio popular: quem corre por gosto não cansa. A verdade é que chegamos ao final do dia derreados, mas felizes e gratos pelas aventuras. 

  • Share:

You Might Also Like

1 comments

  1. Xiiii.... um pedido de casamento e o Benfica campeão...! O mundo conspira a vosso favor! :))))

    ResponderEliminar