Coron, parte II: O primeiro vislumbre do paraíso

By Rita Varandas - terça-feira, maio 10, 2016

Foi o primeiro contacto com as águas cristalinas que tantas vezes fazem parte do nosso imaginário e também dos screensavers de muitos computadores :)



Há várias tours - com percursos e ilhas diferentes - em Coron. A maioria é realizada em grupo, mas nós tentamos sempre fugir da massa de turistas. Coron é uma ilha ainda crua que foge aos roteiros turísticos. Conseguimos um pescador/guia que nos fez uma tour privada. Só nos os 4, mais os "marinheiros", o mar e as ilhas. Como não fomos em excursão (cruzes, canhoto), escolhemos as ilhas a visitar: 
  • Siete Pecados (boa para o snorkeling);
  • Kayangan Lake - muitas vezes apelidade de Lagoa Azul. 
  • Barracuda Lake (diz a lenda que neste lago há uma barracuda gigante; nós tivemos a sorte de ver uma, mas sem proporções legendárias);
  • Beach 91 (onde almoçámos);
  • Twin Lagoon (quando estava a fazer snorkeling vi uma alforreca (ou outro bicho considerável), mas mantive a calma, dei a mão ao Sérgio debaixo de água e nadei como se não houvesse amanhã)! :)




Apesar de ter levado a máquina fotográfica, como era a primeira vez, tive algum receio, mas confesso que nas próximas tours já vou com outra confiança! :) 

Há uma facto curioso. Em todas as ilhas, e apesar do que já pagamos pelo barco e pela tour, temos que pagar uma fee, que vai dos 200 aos 300 pesos filipinos, cerca de 4 a 6 euros.
Contaram-nos que há uns anos o governo das filipinas devolveu algumas ilhas a determinadas tribos. A taxa que pagamos vai diretamente para estas famílias. De início pensámos que era para manter as infraestruturas ou algo do género, mas a verdade é que as ilhas não têm quase nada, para além de areia, mar e algumas cabanas para, por exemplo, almoçarmos. Em El Nido, onde fomos de seguida, é outro esquema, que explicarei num dos posts seguintes. É interessante porque, por mais isolada que seja a ilha, há sempre um cantinho onde podemos encontrar a família, como esta, na foto. 


Parece que o trabalho deles é este: esperar pelos turistas e receber a fee. Outras vidas! :) 

  • Share:

You Might Also Like

0 comments