As cores da época e a primeira visita de amigos

By Rita Varandas - quarta-feira, novembro 02, 2016

Num destes dias de sol, estava no quarto a olhar pela janela - naquelas reflexões matinais - e deviam ser umas nove da manhã. Vejo um casal já de uma certa idade a sair de casa com o seu galgo esguio a liderar o caminho. Caramba que só me apetece dar uma sandes quando vejo um animal daquela raça :)

Bem, o casal estava vestido de forma simples, mas denunciatória: iam caminhar, aproveitar a manhã, desenferrujar as articulações e, possivelmente, explorar os recantos desta vila francesa fronteiriça. 
Foi o rastilho, aquele simples gesto, para pegar na roupa mais desportiva, na máquina fotográfica e passear pelas ruas, envolta pelas cores da época: deste outono especial longe de Portugal, mas muito mais próximo da natureza. 
Se é verdade que aqui o mar é - literalmente - uma miragem, a natureza está por toda a parte. 

Não me recordo de ver tão claramente nas folhas das árvores, a passagem das estações. 
A fuga do verão e a chegada do outono sempre me pareceu mais discreta. Quer dizer, em Portugal estiveram até há bem poucos dias temperaturas acima dos 25 graus, portanto, talvez explique um pouco... 




Imagino que no norte do país, em Portugal, haja mais verdura, mas nos centros urbanos, tirando os jardins e algumas árvores que vão embelezando os passeios e a cidade, raramente vejo assim, de forma tão explicita a natureza à nossa volta. 
Bem, na verdade, moramos lado a lado com a cadeia montanhosa de Jura que percorre a fronteira entre a França e a Suiça. Talvez esta proximidade também explique muita coisa :) 
Mas é impressionante como numa folhinha apenas conseguimos uma paleta de cores. 










Este fim-de-semana recebemos o primeiro (e muito especial) casal de amigos. Mal podemos esperar por ir buscá-los ao aeroporto. Acho que vamos acampar à porta das chegadas. Vai ser uma sensação nova e das boas. É como diz o Sérgio, esta semana dá Benfica, dá Liga dos Campeões e chegam eles, portanto, tá perfeito ;) 
Queríamos que o tempo jogasse a nosso favor porque o sol dá sempre outro encanto a TUDO, mas se estiver farrusco, está cá a amizade para contrariar a chuva!
Estamos a pensar em banhos quentes no meio da montanha, Chamonix, Annecy, Genebra e claro, fondue e raclette -  só queijo que desgraça! Tanta coisa em poucos dias, portanto, as calorias gastam-se! 

  • Share:

You Might Also Like

1 comments