As saudades de um expat português

By Rita Varandas - quinta-feira, maio 04, 2017

Falta o sol e a luz de Lisboa. Falta o caminho pela marginal; a visão de um mar que parece nunca mais ter fim. 
Por aqui, estamos sempre rodeados de montanhas. O campo de visão estende-se... (suspense), até à próxima montanha. E o tempo? Chove há duas semanas. Uma chuva miudinha e persistente. Comparo-a à tortura chinesa. Aos poucos, lentamente, vai moendo a paciência. 

Realmente, é preciso estar longe de certas coisas para reconhecer o seu real valor. Triste esta premissa, mas verdadeira. Tivemos cinco minutos de sol esta semana. Bem sei que em Lisboa estiveram 27 graus. (#"%!#$;:) 
Enfim, há-que ver o lado positivo: quando um raio de luz rompe as nuvens, tudo muda, fica mais alegre e sorridente. O Gili acordou da sua vigésima sesta do dia e correu para apanhar o quadradinho de luz reflectido no chão. 

cinco minutos de luz

Comida típica portuguesa 

Mas não só de calor vive a saudade de um expat. A comida portuguesa também não consta à mesa. Felizmente, no mercado da nossa vila há pelo menos duas bancas nacionais. Para falar a verdade nem costumamos comprar muitos produtos portugueses, mas este domingo fugimos à regra e não resistimos a um almoço de croquetes e rissóis (com arroz branco, claro está). E é quase certo que da próxima vez, há-de vir connosco um bacalhau. 

Comida típica portuguesa

Banca com comida típica portuguesa

Os pastéis de nata

Ou as "natas" como aqui chamam, são conhecidas por todos. Os franceses adoram. Em Genebra há uma pastelaria com a doçaria tradicional portuguesa - guardanapos, patas de veado, pastéis de nata e, fora os doces, vendem também sandes de panados (lol). 

pasteis de nada - comida típica portuguesa

O mundo globalizado aproxima-nos das coisas típicas do nosso país. Já a meteorologia é mais difícil de encontrar, como em Portugal. A bem dizer, está tudo à distância de um voo de avião - desde que não seja na Páscoa, no Natal ou nas férias grandes, porque os preços são pecaminosos. 

Este domingo há eleições em frança. Já pensei encomendarmos uma caixa de pastéis de nata, como esta da fotografia, caso o resultado exija "comer para esquecer". 

  • Share:

You Might Also Like

0 comments