Viver no campo numa vila francesa onde moram Sheiks e seus súbditos

By Rita Varandas - segunda-feira, julho 24, 2017

Vivemos no campo. É verdade. Tenho que aceitar esta realidade. Já cá vivemos há quase um ano, portanto, é altura!
Apesar de uns míseros 15 minutos nos separarem de Genebra, vivemos na zona rural de França. Mas a nossa vila tem muito de cosmopolita. Veja-se que, só na nossa rua, temos cerca de 5 cabeleireiros... Francesa que é francesa gosta da juba aprumada 😄

Viver na periferia tem as suas vantagens. Estamos pertíssimo da cidade de Genebra quando queremos ir ao cinema e gastar uns bons 100 francos em 2 bilhetes e qualquer coisita para comer (sim, é tudo caro na Suiça) e conseguimos usufruir da natureza de uma forma que seria impensável se tivessemos optado pela cidade. 


Este Domingo, por exemplo, decidimos dar um passeio pela floresta que está mesmo aqui o lado. Não foi preciso levar as chaves do carro para nos vermos rodeados de verde, de bichos e de verdadeiras mansões que mais parecem palácios. Imagino sempre o que seria limpar aquela casa toda 😂


Estávamos nós a descobrir novos caminhos, a apanhar flores e florzinhas para embelezar o nosso apartamento T2 e eis que se abre o portão de uma destas mansões. Claro está que os muros que rodeiam estes palácios não deixam ver nada para o interior, portanto, os nossos olhos foram imediatamente atraídos quando, de repente, aparece um senhor com um turbante à porta e um jardim enorme a perder de vista, super cuidado, piscina, casas dentro da mesma propriedade, tudo em tamanho XXL. Estamos a falar, nalguns casos, de moradias com largos hectares de terreno e hiper-luxuosas. 

Reza a lenda que Sheiks e outras famílias (muito) abastadas dos Emirados Árabes Unidos gostam muito de Genebra para passar férias e, porque não, comprar uma casita. 
Parece que os excentricamente ricos ficam em Genebra e os assistentes dos muitos ricos escolhem Divonne e outras vilas francesas, como Evian. 

Entretanto, o portão fechou-se, o palácio voltou à sua clausura e nós lá continuamos no nosso passeio a pé pela floresta, a colher flores e a falar sobre a mínima possibilidade (quase nula) de um dia termos, vá, 1/5 de uma casa assim...

P.s-Não tirei fotos porque foi tudo muito rápido e fiquei com receio de invadir alguma espécie de privacidade. 

Ah, sempre consegui apanhar uma flores giras e quando chegámos a casa, fomos ao Google Earth ver o tamanho daquelas propriedades e, confirma-se, são terrenos de perder de vista! 

  • Share:

You Might Also Like

3 comments

  1. Sempre ouvi dizer que tudo na Suiça é muito caro. E não é super bonito viver no campo? E estando a só uns 15min da periferias, é poder ter o melhor de duas coisas diferentes! Soa-me muito bem.

    ResponderEliminar
  2. Fiquei chocada com os 100 francos para ir ao cinema. Acho que tive uma pequena paragem cardíaca.

    ResponderEliminar
  3. Que fotos belíssimas. E olha que em Portugal há cidades que não têm 5 cabeleireiros na mesma rua. :)

    ResponderEliminar